TRANSTORNO DE ANSIEDADE GENERALIZADA: O QUE É E COMO IDENTIFICAR

O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é uma condição que atualmente afeta 86% da população brasileira.

O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é uma condição que atualmente afeta 86% da população brasileira. A sua principal característica é a preocupação excessiva, podendo se manifestar de várias formas e intensidade. Assim, esse transtorno faz com que o indivíduo se preocupe com situações futuras, que muitas das vezes nem sequer acontecerão. Porém, não deve ser tratado como algo anormal, é preciso apenas entender e buscar ajuda, pois esse transtorno pode oscilar e futuramente se tornar mais grave. Confira o nosso post até o final e entenda mais sobre o assunto.

Transtorno de ansiedade generalizada: o que é e como conseguir identificar?

O Transtorno de Ansiedade Generalizada, pode ser exemplificado como uma preocupação ou nervosismo de forma excessiva, que faz a pessoa desenvolver medo de situações ou acontecimentos do cotidiano. Em alguns casos, pessoas relataram que criaram pavor de momentos futuros, que ainda nem ocorreram. E isso afeta bastante a sua vida, pois o indivíduo se agarra a esses medos, criando uma bolha ao seu redor. Com frequência, é bastante difícil conseguir identificar esse transtorno. Assim, confira abaixo uma lista com alguns dos sintomas que podem ocorrer em meio à crise.

 

· – Coração acelerado;

· – Insônia;

· – Falta ou excesso de alimentação;

· – Alteração de Humor;

· – Fortes dores de cabeça;

· – Medo sempre presente;

· – Falta de concentração ou atenção;

· – Muita tensão muscular;

· – Preocupação excessiva, porém sem fundamento;

· – Nervosismo.

 

Vale lembrar também que esses sintomas podem mudar de pessoa para pessoa, por isso é importante o acompanhamento de um médico psiquiatra ou psicólogo.

O que pode causar o Transtorno de Ansiedade Generalizada?

 

Há bastante dúvidas sobre o que pode ocasionar esse transtorno, e são vários os quesitos como por exemplo:

 

· – Exposição excessiva ao estresse: seja no trabalho ou em casa.

· – Traumas de infância: em alguns casos, esse problema pode vir desde a infância, por situações que aconteceram e não souberam como lidar com elas.

· – Relacionamentos: Pessoas que passaram por relacionamentos abusivos em qualquer área emocional, tendem a desenvolver esse transtorno por motivos de brigas constantes e opressão psicológica.

Existem muitos fatores que podem acarretar, seja motivos simples como uma prova, o medo de não se sair bem, ou a perda de alguém próximo. Mas, em geral, são situações que podem levar o portador ao extremo.

Quais os tratamentos para a TAG?

Para o tratamento desse transtorno é indicado a psicoterapia e a farmacoterapia. Por meio do tratamento com o psicólogo, podem estabelecer as causas para desencadear o TAG e assim encontrar um meio de superação. Já o uso dos medicamentos, serve para inibir os sintomas. Pode demorar algumas semanas para notar os efeitos, porém são bastante eficazes.

Conclusão

É notório que não é fácil lidar quando ocorrem crises de ansiedade. Porém, não é impossível amenizar esses sintomas. De acordo com os especialistas, o importante é buscar ajuda, para que assim seja realizado o diagnóstico correto, uma vez que o transtorno de ansiedade generalizada também pode estar ligado a outros fatores, como: depressão e transtorno do pânico. Gostou do nosso post? Quer saber mais sobre o assunto? Venha conferir o nosso blog com posts interessantes para você. E, caso tenha interesse, entre em contato com um dos nossos especialistas.

Voltar

Ver mais

    Assine nossa newsletter



    oi