Dor Crônica

A dor, de maneira geral, é uma sensação desconfortável e que age como um alerta de que algo pode estar errado com o nosso organismo. Ela pode ser constante, latejante ou descrita por meio de muitas outras sensações, podendo ser apenas um incômodo ou, quando em maior gravidade, tornar-se incapacitante.

Sintomas / Diagnóstico

Caracterizada por uma dor que persiste ou recorre por mais de 3 meses, ou dura mais de 1 mês após uma lesão tecidual curada ou acompanha uma lesão que não se cura, a dor pode ser causada por patologias crônicas, como câncer, artrite e diabetes, ou por patologias primárias, como dor neuropática, fibromialgia, cefaleia ou ainda secundária a lesões, como hérnia de disco e ligamentos rompidos.

Além da dor em si, podem surgir outros sintomas, como a fadiga, distúrbios de sono, diminuição do apetite, perda do paladar, diminuição da libido e mudança de hábito intestinal. Transtornos psicológicos também podem ser gravemente desencadeados, afetando a intensidade da dor e tornando-a desproporcional aos processos físicos identificáveis.

Já o diagnóstico se dá através de avaliações da causa física da dor crônica, podendo ser necessária a avaliação de um terapeuta ocupacional e, em caso de transtorno psicológico, um parecer do psicólogo ou psiquiatra. Por fim, aplica-se um tratamento multimodal, ou seja, uma combinação de métodos, como analgésicos, estímulos físicos e tratamentos psicológicos.

Procure um especialista

Blog

Ver todos

Zodiac TV

Ver todos

Podcast

Ver todos

    Assine nossa newsletter



    oi